Sobre a Revista

Foco e Escopo

Editada sob a responsabilidade do Instituto Trabalho Digno, a revista Laborare publica artigos científicos originais, após revisão cega por pares, nas seguintes áreas relacionadas à promoção do trabalho decente: segurança e saúde no trabalho, direitos trabalhistas, inspeção do trabalho e em ciências sociais e trabalho.

O conceito de Trabalho Digno que utilizamos é o de um direito humano essencial, caracterizado como um trabalho seguro e saudável, adequadamente remunerado, exercido com equidade e proteção social, em condições de liberdade e capaz de garantir uma vida digna.

Processo de Avaliação pelos Pares

Os trabalhos submetidos à análise, após o registro, são direcionados a um Editor para indicar  um revisor especializado na área de conhecimento do artigo. As opiniões emitidas são analisadas pelo Editor, que emite a opinião conclusiva em nome da Comissão Editorial. A revisão, com a opinião conclusiva, é direcionada aos autores para correções, justificativas e preparação de nova versão. Depois disso, esta versão é confrontada com a versão original do documento pelo Editor para aprovação. A correção gramatical é de responsabilidade do(s) autor(es), ainda que a revista faça revisão de "normalização". 

Periodicidade

Semestral

Polí­tica de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

Preparação de manuscritos

Os autores ao apresentar o seu trabalho, explicam a principal contribuição para a temática e escopo da revista. A submissão indica que o trabalho é ORIGINAL e não foi enviado para publicação em outro lugar.

Os artigos e as avaliações não devem exceder 25 páginas espaço duplo (papel A4 com margens de 3 cm, fonte Times New Roman, tamanho 12, páginas e linhas numeradas sequencialmente), incluindo tabelas e figuras. 

O texto deve ser digitado no programa Word (Microsoft). As principais divisões do texto (por exemplo, Introdução, Métodos, Resultados e Discussão e Conclusões) devem estar em maiúsculas e negrito. As notas científicas não têm divisões.

O título do manuscrito deve refletir o conteúdo do trabalho e não deve ter legendas, abreviaturas, fórmulas ou equações e símbolos. Quando o idioma do texto for português ou espanhol, deverá ter também a versão em inglês.

Os nomes dos autores e coautores devem ser incluídos na mesma ordem em que aparecem no trabalho final. Não deve ser indicado a autoria do trabalho no texto do manuscrito, mas somente na folha de rosto. O autor deve utilizar a ferramenta do Word de "inspecionar documento", excluindo qualquer informação pessoal das propriedades, ainda que a editoria torne a fazê-lo para garantir o processo duplo-cego de avaliação.

O resumo deve ser em inglês e, quando aplicável, no idioma utilizado no texto. Deve ter o objetivo da pesquisa de forma clara e concisa, os métodos brevemente explicitados, os resultados e conclusões mais relevantes. O resumo não deve exceder 250 palavras com frases curtas com conexão completa entre si. Não deve conter referências.

As palavras-chave não devem repetir as palavras do título. As palavras devem ser separadas por uma vírgula e começar com letras minúsculas, incluindo o primeiro termo. Os autores devem apresentar de 3 a 5 termos, considerando que um termo pode ser composto de duas ou mais palavras.

A introdução não deve ter mais de duas páginas. Deve incluir o raciocínio para a realização do trabalho, colocando a importância do problema científico. A informação contida na Introdução deve ser suficiente para estabelecer claramente o objetivo do artigo. Os autores devem citar estudos recentes publicados em revistas científicas, mas a citação de obras clássicas é aceita.

A seguir, os autores devem apresentar os resultados da pesquisa e discuti-los para relacionar as variáveis examinadas com os objetivos do estudo. A mera comparação dos resultados com os dados apresentados por outros autores não caracteriza a discussão sobre eles. Contudo, os autores devem evitar especulações excessivas.

As conclusões devem responder à questão abordada na pesquisa, confirmando ou não a hipótese do trabalho, de acordo com os objetivos. Os autores devem estar cientes de que a conclusão não é um resumo dos principais resultados.

Somente as referências estritamente necessárias para a compreensão do artigo devem ser citadas, sendo recomendável seguir um limite de 25 referências a artigos. A lista de referências deve começar em uma nova página.

Não serão aceitas as referências em nota de rodapé ou fim de página.

Orientações sobre citações

Nas citações e nas referências finais (postas em ordem alfabética) se deve seguir a norma da ABNT NBR 6023:2002. 

Recomendações importantes

a) As seguintes fontes não devem ser utilizadas, salvo em situações excepcionais que o autor justificará durante a revisão por pares: teses, dissertações, comunicações pessoais, relatórios não publicados e artigos publicados em anais de conferência.
b) Devem ser evitadas transcrições de quaisquer textos, bastando a correta citação do artigo científico ou lei.
c) Devem ser privilegiadas as fontes primárias, evitando o uso da citação intermediada (apud).
c) Nenhum tipo de identificação de autoria deverá ser incluído no artigo. Qualquer informação que leve ao reconhecimento do(s) autor(es) deve vir apenas na folha de rosto.
c) Na submissão do artigo, os nomes do autor e coautores devem ser inseridos no sistema na mesma ordem em que aparecem no trabalho final.
d) A falta de padrões exigirá o retorno do trabalho.

Aviso de Direitos Autorais

É adotada a licença de conteúdo Creative Commons CC-BY 4.0, que permite uso, distribuição e reprodução ilimitados em qualquer meio, desde que o autor original e a fonte sejam devidamente citados. Esta licença é a mais flexível, de modo a maximizar a disseminação e uso dos materiais.

Quantidade de Autores

A submissão de artigo com mais de quatro (4) autores deverá ser  acompanhada de comunicado aos editores sobre a natureza da participação de cada autor.

Quantidade de submissões

O número de envio de artigos, por autor, a uma (1) submissão por ano, independentemente de sua posição na autoria; não sendo permitida a re-submissão de versão modificada de artigo rejeitado.

 

Taxas para submissão e publicação de textos 

A Laborare NÃO cobra nenhuma taxa (conhecidas como APC – Article Processing Charges) por textos publicados e tampouco pelos submetidos para avaliação, revisão, publicação, distribuição ou download. A publicação é totalmente gratuita e de acesso aberto.

O número de envio de artigos, por autor, a uma (1) submissão por ano, independentemente de sua posição na autoria. 

Diretrizes contra Plágio e Antiplágio

Os autores assumem a originalidade do texto. Não será admitida qualquer forma de plágio ou de autoplágio.

Entende-se como autoplágio a reprodução, total ou parcial, de uma produção da própria autoria, já publicada, sem a identificação devida. Não serão considerados autoplágio trabalhos decorrentes de teses, dissertações, relatórios de pesquisa, ou trabalhos apresentados em eventos científicos e publicados em anais, quando se tratar de versão ampliada e/ou atualizada com novos dados e reflexões. Em ambos os casos o autor deve incluir a indicação bibliográfica da publicação original.

Parâmetros para os Avaliadores

Os avaliadores devem avaliar os artigos contemplando os seguintes critérios:
1)      Relevância temática relacionada à questão da promoção do Trabalho Digno.
2)      Diálogo com o conhecimento já produzido sobre a temática.
3)      Pertinência e atualidade da bibliografia.
4)      Clareza na exposição do objeto de estudo, objetivos e justificativa.
5)      Rigor na utilização dos conceitos.
6)      Consistência, pertinência, clareza e fundamentação da metodologia empregada.
7)      Adequação, fundamentação e solidez argumentativa da análise.
8)      Boa estruturação do texto, com clara articulação entre as ideias.

O avaliador tem a possibilidade de escolher uma das seguintes opções oferecidas pelo sistema de gerenciamento eletrônico da revista:

  • Aceitar
  • Correções obrigatórias
  • Submeter novamente para avaliação
  • Rejeitar
  • Ver comentários

Atenção: a opção “Correções obrigatórias” deve ser utilizada nas situações em que o manuscrito tenha efetivo potencial de publicação. No caso de textos que exijam significativas modificações, indica-se sua rejeição. A opção “Submeter novamente para avaliação” deve ser utilizada quando o parecerista considerar necessário o encaminhamento para outro especialista. A opção “Ver comentários” só deve ser utilizada quando o avaliador estiver em dúvida sobre sua decisão. 

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados neste periódico serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.

Histórico do periódico

Laborare é continuação da Revista Baiana de Inspeção do Trabalho, criada em janeiro de 2016, quando passou a ter abrangência nacional e abranger diferentes atores envolvidos na promoção do trabalho digno.